Conversão S5/S7 | Dênis Leite

automação para competitividade

Conversão S5/S7

Integração de Sistemas e Projetos de Automação: Mekatronik. engenharia@mekatronik.com.br / 81-3272-4212.

Aqueles alemães eram muito bons mesmo! Quem conhece o Simatic Step5 vai concordar que, tirando a interface de programação(DOS), característica das aplicações da década de 80, o S5 já foi concebido com recursos que só recentemente outros fabricantes integraram em seus sistemas. Blocos de função parametrizáveis a carga de software em run mode são exemplos de funcionalidades importantes das quais outros equipamentos até hoje são desprovidos.

Se o Step7 é uma ferramenta fantástica, boa parte deve-se ao fato de ser um upgrade do Step5 que já era altamente sofisticado. Nossa empresa, a Mekatronik, realizou recentemente um Upgrade S5/S7. Substituimos um PLC Siemens S5-945 por um VIPA Speed7 314DPM. A arquitetura incluia 06 remotas ET200 e um bloco de I/O pneumático Festo.  A substituição do hardware não demorou 5 minutos, pois, todos os I/Os estavam em rede. Foi só desligar o cabo de rede de uma CPU e ligar na outra.

Os CLPs VIPA são excelentes alternativas para substituição de arquiteturas Step5 (conversões S5 S7), pois, todas as suas CPUs são programáveis pelo Simatic Manager, que já possui uma ferramenta de conversão de software. A cargo do integrador fica, naturalmente, a responsabilidade de analisar o relatório da conversão, intervir onde for necessário, configurar o hardware e startar o novo sistema.

Isso é compatibilidade.

Gostou do conteúdo? Assine nossa newsletter!

Como sabemos que ninguem tem tempo a perder, condensamos o material e enviamos os headlines uma ou duas vezes ao mês.


5 Comments

  • É verdade, Luciano.

    Procurarei enriquecer os próximos posts seguindo sua sugestão. Essa é uma vantagem de estar próximo da i2, podemos sempre contar com a orientação dos especialistas.

    Valeu,

    Dênis

  • Denis,

    Tenho acompanhado várias conversões dessas aqui em São Paulo. A Orkan fez uma no final desse último ano, onde foi substituido um Maxitec por uma configuração VIPA Speed 7. Basta dizer que foram necessários apenas dois dias entre parar o processo, trocar todo o Rack Maxitec(eram três racks) e colocar a máquina em funcionamento novamente. E o cliente…? Parecia o Coringa, com um sorriso de um lado a outro do rosto!

    Rodolfo Aguirre

  • Dênis / Rodolfo / Denisson,
    Fico feliz com o sucesso de vocês!
    Bola pra frente.
    Qualquer coisa estou a disposição.
    Trabalho atualmente em Mauá-SP, numa unidade da Empresa.

    Abraços a todos os Ex-Poli!

  • Opa Fábio! Há quanto tempo!

    Bom falar contigo novamente! Fico muito feliz com o seu sucesso também! Há quanto tempo estás aí?
    Pelo jeito nossa turma está toda bem colocada. Todos estão fazendo o que planejavam.
    Nós vamos abrir uma unidade da Mekatronik em São Paulo nesse segundo semestre. Vamos ver se em julho tomamos um chopp e colocamos o papo em dia.

    Um abraço!

Post a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Spam Protection by WP-SpamFree

  • Categorias